12/09/2017

[Made in Portugal] VIRCATOR disponibilizam online o seu novo álbum SAR-I-SANG
















Os Vircator regressam aos lançamentos, com o segundo álbum de originais Sar-I-Sang.
Sabe tudo e ouve o novo trabalho abaixo:

HISTÓRIA DA BANDA

Os Vircator formaram-se a norte de Portugal em Viana do Castelo em 2012, depois dos seus membros fundadores  terem-se aventurado noutros projectos com abordagens musicais amplas e que percorreu o espectro do Pop ao Metal
Mas o apelo pelo lado mais experimental do rock, falou mais alto e juntou-se ao grupo, o Pedro Cunha (guitarra/voz), o Paulo Noronha (bateria), o Pedro Carvalho (guitarra) e o Marcelo Peixoto (baixo). 

Em Janeiro 2015 junta-se à formação Gustavo Ribeiro na guitarra, em substituição de Pedro Cunha.

Assim, consolidaram a formação atual dos Vircator, que se estrearam no ano anterior com o single IzbatRiver  e provaram desde logo, ser uma das novas bandas portuguesas do Rock/Stoner/Space e Post-rock, sem se prenderem nem se restringirem a rótulos ou estilos.

Lançam o primeiro longa-duração At the Void's Edge a 3 Janeiro 2016, gravado e masterizado por Marco Lima nos HertzControl Studios, que lhes deu abertura para a primeira tour europeia e passaram por Espanha, França, Alemanha, Austria e Holanda.

Têm vindo a participar em Festivais Nacionais de renome este ano de 2017, tal como a abertura do 2º dia do SWR Barroselas Metalfest XX, intercalando os concertos no Cave Avenida na sua cidade de origem, com outros festivais de stoner e rock pelo país e mais recentemente, num festival junto ao Rio Lima, o Ecos do Lima.

NOVO ÁLBUM

Regressam agora aos lançamentos, depois de assinarem em Junho com a editora Raging Planet, com o segundo álbum de originais Sar-I-Sang e a banda convida-nos com este trabalho, a entrar numa viagem por universos mais distantes.

Podes ouvir aqui o tema de lançamento Kanagawa:


Embora a identidade da Vircator se mantenha firme, este álbum revela-se uma autêntica surpresa, sendo uma poderosa e emotiva viagem, balançada por momentos calmos e arrebatadores e foi gravado por Pedro Correia nos Lion Studios em Caminha, no distrito de Viana do Castelo.

Podes ouvir-lo aqui na íntegra


Acompanhem a banda nos seus sítios e encomendem o seu trabalho nos links abaixo:

Veja também: